epifania,  evolução,  terra

são paulo, 16 de dezembro de 2018

Luli,

Às vezes a gente realmente acha que o melhor é desistir, mas vale muito a pena lembrar das coisas pelas quais vale a pena viver.

Sabemos o quanto é difícil, menina. Mas já te disse Gigi: “A vida não é fácil”, mas se você sempre olhar por esse lado a vida será um poço sem fim.

Sei que esse sentimento de estar imóvel dói, mas é importante que você compreenda que é sempre importante dar o primeiro passo, pois ele sempre será o mais difícil.

Aproveite esse momento para lembrar todas às vezes em que fostes resiliente, minha querida. Lembre-se que o universo sempre coloca nos nossos caminhos obstáculos que somos fortes o suficiente para ultrapassar.

Você sabe que ainda virão diversos tipos de obstáculos, mas não se desanime. Esse mundo ainda precisa de muito amor para curar as feridas deixadas pela ganância humana.

As pessoas te feriram, sabemos disso, mas não deixe que isso te impossibilite de criar laços eternos, ou pelo menos sinceros. Lembre que você ainda é muito nova, menina, sei que toda dor que passaste deixou uma marca, mas não permita que isso ressignifique a sua existência de uma forma negativa.

Transmute, não responda ódio com ódio. Não tenha vergonha de ser amor, jamais se permita a isso. Se as pessoas “decidiram” ser tóxicas, isso não pode te afetar.

Lembre-se sempre que a vida deve ser bonita, basta que você nunca esqueça de olhar por essa perspectiva.

Você é luz, esse planeta é luz, assim como esse universo.
Seja sempre sua melhor amiga. ?
Da sua melhor versão,
Te amo, nos amo e sei que você se ama ?
Terrinha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *